Prezados Associados,

O Pavilhão do Brasil-Minas Gerais na 25a. Feira Internacional do Livro de Miami (MBFI) foi um total sucesso!

De 9 a 16 de novembro, os sons, as imagens, os sabores, o artesanato e a literatura de Minas Gerais, e importantes escritores contemporâneos brasileiros estiveram presentes no Pavilhão do Brasil-Minas Gerais, apresentado pelo Centro Cultural Brasil-USA da Flórida (CCBU), na MBFI e foram apreciados por mais de dezoito mil visitantes.

Pelo quarto ano consecutivo, o CCBU, organização sem fins lucrativos cuja missão é divulgar cultura brasileira no Sul da Flórida, com o apoio, do Consulado do Brasil, American Airlines, Ministério das Relações Exteriores, Secretaria de Cultura e Superintendencia de Bibliotecas Públicas de Minas Gerais, Odebrecht, Apex, Embraer, Superstation, Video View, Porcão, Baptist Health – International Center of Miami e Miami Dade Cultural Affairs Council montou o Pavilhão do Brasil na feira que é considerada a maior do gênero nos EUA.

Dentro do Pavilhão, os mais de dezoito mil visitantes, de todas as idades e das mais variadas nacionalidades (aproximadamente 80% não brasileiros), participaram de um intenso programa que incluiu exibições criadas a partir de materiais cedidos pela Superintendencia de Bibliotecas de Minas Gerais e Academia Brasileira de Letras, sobre os importantes escritores brasileiros: Machado de Assis, Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade e Angelo Machado; uma extensa exibição sobre a vida e obra de Fernando Sabino, organizada por seu filho, Bernardo Sabino; mostras de videos sobre diversos aspectos culturais mineiros; documentários sobre escritores; leituras e encontros com os escritores Adriana Lisboa, Andrey do Amaral, Diva Dorothy e Beti Rozen; venda de livros brasileiros e autentico artesanato mineiro; exposição de fotos do fotógrafo mineiro Paulo Laborne; degustação de pão de queijo, cafezinho e cachaça; apresentação do coral Brazilian Voices; distribuição de materiais sobre o turismo no estado; atividades coordenadas pela Fundação Vamos Falar Português; e show de música do Clube da Esquina e Milton Nascimento, apresentado pelo especialista Gene de Souza e pelos músicos Rose Max e Ramatis Moraes.

O ponto alto da programação do pavilhão foi o Segundo Programa Literário Brasileiro, um programa em português, com interpretação simultânea em espanhol e inglês, apresentado pelos extraordinários escritores contemporaneos brasileiros: Nélida Piñon, João Almino e os mineiros, Angelo Machado, Luís Giffoni, Silviano Santiago e Wander Melo Miranda, e moderado pelos professores Steven Butterman, Ph.D e Leila da Costa, do Departamento de Português da Universidade de Miami. Este importante programa confirma a língua portuguesa como uma das línguas oficiais da Feira Internacional do Livro de Miami.

Na sexta-feira, amigos e associados do CCBU se reuniram num jantar muito concorrido, na Churrascaria Porcão, para homenagear os escritores convidados, Em nome do Conselho do Centro Cultural Brasil-USA da Flórida (CCBU), agradeço a todos os patrocinadores, participantes, voluntários do Pavilhão Brasil-Minas Gerais e aos nossos associados que visitaram o pavilhão, por sua contribuição para criar um evento que marcou a presença da literatura e cultura brasileiras no maior evento cultural de Miami: a 25a. Feira Internacional do Livro de Miami.

Minhas cordiais saudações.
Adriana Riquet Sabino

Dear Members:

The Brazil-Minas Gerais Pavilion at the 25th Miami Book Fair International (MBFI) was a complete success!

From November 9 to 16, the sounds, the images, the tastes, the handicraft and literature from important Brazilian contemporary authors from Minas Gerais, and important Brazilian contemporary authors were presented by the Brazil-USA Cultural Center, at the Brazil-Minas Gerais Pavilion, and were enjoyed by more than eighteen thousand visitors.

For the fourth consecutive year, CCBU, with the support of the Consulate General of Brazil, American Airlines, Ministry of Foreign Relations, Secretary of Culture and Superintendency of Public Libraries of the State of Minas Gerais, Odebrecht, Apex, Embraer, Superstation, Video View, Porcão, Baptist Health-International Center, Fundação Biblioteca Nacional and Video View, organized the Brazil Pavilion at the MBFI, considered the biggest book fair in the U.S.

Inside the Pavilion, the more than eighteen thousand visitors of all ages and of several nationalities, participated in the varied program that included exhibitions about the great Brazilian writers Machado de Assis, Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade and Angelo Machado that were created with materials loaned by the Public Libraries of Minas Gerais and the Brazilian Academy of Letters..There was also a complete exhibit covering the life and work of Fernando Sabino, with the participation of his son, Bernardo Sabino; videos about the Minas’ lifestyle; documentaries about writers; readings by writers Adriana Lisboa, Andrey do Amaral, Diva Dorothy and Beti Rozen; sale of Brazilian books and authentic “mineiro” handicraft; exhibit of photos by the mineiro
photographer, Paulo Laborne; a free tasting of “pão de queijo” (cheese bread), coffee and cachaça; distribution of tourism information materials from the Minas Gerais Tourism Office; a performance by the choral Brazilian Voices, activities coordinated by the Fundação Vamos Falar Português; and the music of Clube da Esquina and Milton Nascimento, in a live pocket show with Rose Max and Ramatis Moraes, presented by the Brazilian music expert, Gene de Souza.

The highlight of the Pavilion’s Program was the Second Brazilian Literary Program, in Portuguese, with simultaneous interpretation in Spanish and English, presented by extraordinary Brazilian contemporary writers: Nélida Piñon, João Almino and the “mineiros” Angelo Machado, Luís Giffoni, Silviano Santiago and Wander Melo Miranda and moderated by the professors Steven Butterman, Ph.D and Leila da Costa, from the University of Miami’s Portuguese Department. This important program confirms the Portuguese language as one of the official languages of the Miami Book Fair International.

On Friday, CCBU’s members and friends participated in a well attended dinner at Churrascaria Porcão, in honor of the Brazilian guest authors. On behalf of the Brazil-USA Cultural Center’s Board of Directors, I thank all our sponsors, participants, volunteers of the Brazil-Minas Gerais Pavilion and our members who visited the Pavilion - for creating an event that marked the presence of the Brazilian literature and culture in Miami’s biggest cultural event.

Cordially.
Adriana Riquet Sabino

FLASHES OF THE PAVILLION